domingo, 4 de março de 2012

Quem cava poço acha água com fartura.


Vamos examinar a história de um dos grandes homens do Velho Testamento. Seu nome é Isaque e sua história está em Gênesis 26:1-33. Veremos como Isaque saiu de uma vida em uma situação de seca, escassez, e ruína econômica, para ter não somente para si mesmo, mas para ter com tal abundância, que foi capaz de abençoar uma cidade inteira.



Mais Bem-aventurada Coisa É Dar do Que Receber


Prosperidade bíblica não significa enriquecer-se, mas ter o suficiente para si mesmo e bastante para dar aos outros para avançar o evangelho e para ajudar aos pobres. Esta é a meta de Paulo em II Coríntios 9:8 e nos capítulos 8 e 9 ele explica bem este assunto. Jesus não veio para ser servido, mas para servir e dar a Sua vida. Ele disse, “Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber”. Marcos 10:45, Atos 20:35.
Aqui Estão Alguns Isaques Modernos -George Muller – 
que proveu para si mesmo e para milhares de órfãos.

Dr. Dowie construiu uma cidade chamada Sião como uma casa para si e para milhares de pessoas.
William Booth usou sua fé para ajudar milhares de britânicos

 pobres no século 19. 

Miguel Diez, da Espanha, está alimentando milhares de crianças e adultos desabrigados na Espanha e em outros 45 países.



Fome na Terra

Gênesis 26.1 diz que havia fome na terra. A escassez vem por causa da seca e traz a fome, as doenças e distúrbios civis. Muitos países em desenvolvimento atualmente ainda sofrem com a fome regular. Isaque queria fugir para o Egito, mas o Senhor apareceu e falou a ele. Como Isaque sobreviveu à fome?



Isaque Ouviu A Palavra do Senhor


Primeiro ele obedeceu a Deus e pôs sua fé na palavra de Deus. Ao invés de comer suas últimas sementes, ele as semeou na terra seca. Por ter obedecido ao Senhor fazendo a coisa mais improvável no lugar mais improvável, em um ano, Isaque colheu cem vezes mais e então começou a prosperar. Tristemente, nem todos se alegram quando somos abençoados. Os filisteus invejaram sua prosperidade divina e jogaram terra e pedras nos poços de Isaque. O rei filisteu disse para que ele fosse embora. Gênesis 26:6; 12-16
.
Isaque Recusou-se a ser Derrotado Por Suas Falhas Pessoais.


Até mesmo os grandes homens de Deus têm suas falhas. No caso de Isaque ele cometeu o mesmo erro que seu pai Abraão. Isaque temeu os filisteus e mentiu sobre sua esposa. Deus certificou-se de que ele fosse pego, ficasse embaraçado e fosse envergonhado pelo seu pecado. Gênesis 26: 7-11.
Sabemos que ele se arrependeu porque um homem que tem pecado não será ouvido por Deus, e Isaque foi abençoado depois. Ele se recusou a ser derrotado por suas falhas e fraquezas, porque se formos derrotados, nunca alcançamos nossa terra prometida. Se cairmos, o único caminho a seguir é através da honestidade, humildade, confissão e perdão. Salmo 66:18; I João 1:8-9; Provérbios 24:16, Miquéias 7:7-9.


Isaque Reabriu os Poços de Abraão


Os poços foram entupidos pelos filisteus vingativos após a morte de Abraão. Abraão tinha perfurado aqueles poços com trabalho duro e suor no calor do dia. Gênesis 26:18.


Quem São os Filisteus Atualmente?


Espiritualmente, são os poderes das trevas.


Quais são os Poços de Abraão Atualmente?

Em anos passados, nossos patriarcas furaram, pela fé, poços espirituais com trabalho duro, labuta e suor para estabelecer a igreja. Através de nossa negligência e descuido, os poderes das trevas os entupiram. Alguns dos poços de fé de Abraão que devem ser reabertos em nossos dias são:

Poços da crença em Deus, Gênesis 15: 4-6.

Poços da intercessão, Gênesis 18: 20-33.

Poços de sacrifício, Gênesis 22: 1-14.
Poços de resgate, Gênesis 14:14-16.


Isaque Persevera Através da Oposição


Houve disputas e hostilidade sobre os direitos da água em Eseque, brigas em Sitna, Gênesis 26:19-22. Se Isaque tivesse permanecido ali para exigir seus direitos, ainda estaria ali até hoje, mas Isaque continuou em seu caminho. Finalmente em Reobote, Isaque furou um poço e ninguém se lhe opôs. Ele ficou encorajado e profetizou, "Porque agora nos alargou o Senhor, e crescemos nesta terra.” Naquela mesma noite o Senhor apareceu a ele e confirmou a palavra profética. Gênesis 26:22-24.

O Último Passo para Liberar a Bênção

Lembra-se de como os filisteus trataram Isaque? Bem, agora seu rei, seu conselheiro e seu comandante militar vieram todos visitá-lo. Ao invés de ameaçar Isaque, vieram com as mentiras e as desculpas mais incríveis pelo seu comportamento anterior. Desta vez, queriam um tratado de paz. Gênesis 26: 26-30. Como trataríamos estes inimigos que 

causaram tanto dano e tanta dor?


Isaque Foi Gentil Com Seus Inimigos


Isaque demonstrou o Espírito de Cristo que viria milhares de anos mais tarde. Isaque preferiu tratá-los bem, preparando-lhes uma refeição, símbolo de amizade, e fez um acordo de paz com eles. Não houve vingança ou palavras ásperas. Gênesis 26: 3-31. Mateus 5: 43-48, 6.14, Lucas 17: 3-5. Ame seus inimigos ou eles serão sempre seus inimigos. O amor pode convencê-los.


Os Servos de Isaque Encontraram Água


Não existe coincidência no timing de Deus! Naquele exato dia, quanto Isaque perdoou seus inimigos, a abundância de Deus foi liberada. Eles encontraram água suficiente para furar sete poços, suficiente para seu cultivo e animais, e mais do que o suficiente para abençoar uma cidade de muitas pessoas. Eles a chamavam de Berseba, que significa sete poços. Isaque encontrou a bênção para si mesmo e para os outros ao ouvir a palavra de Deus e por perseverar através da falha, do trabalho duro, da hostilidade e da gentileza para com os seus inimigos. A água deve ter sido muito doce! 



Que Deus Abençoe a todos!


Ministro Carlos Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se alimentou? me faça feliz!
comente!

Me faça feliz, Comente!

Seguidores